terça-feira, 22 de novembro de 2016

Four Cornes Cafe - Waterloo / Londres

Estava andando pelas redondezas da estação de Waterloo e fiz uma busca por coffee no aplicativo foursquare. O café mais bem qualificado que apareceu na lista foi o Four Corners e estava a poucos metros de distância. Então resolvi ir lá para entender o motivo da boa fama.



O Four Corners fica na rua Lower Marsh, onde o comércio é bem movimentado e há feiras de rua, com barraquinhas de comida. A fachada do café é simpática e estilosa. Logo na entrada, uma placa já avisa que ele foi votado como melhor cafeteria em UK.




Ao entrar no local, me deparei com um ambiente bastante casual e descontraído, uma decoração cheia de referências de viagens. Não pude encontrar informações sobre quem está no comando do café, mas acredito que seja uma pessoa que gosta muito de viajar. Tanto, que você é recompensado com um café gratuito caso queira compartilhar suas histórias de viagens pelo mundo! Foi criado até o Corners Passport para encorajar as pessoas a contarem seus "causos",  e ir até lá para planejar suas próximas aventuras.



Fui super bem acolhida pelo balconista e fiz meu pedido rotineiro: um cappuccino. Logo perguntei qual o café utilizado e ele prontamente me respondeu que era o blend Empire da Ozone Coffee Roasters. Para minha grata surpresa, era café brasiliero, e estava delicioso (tanto que quase esqueci de tirar a foto). De sabor bem equilibrado, com notas de chocolate e nozes: a bebida perfeita para dias frios. 



Além de capuccino, eles tem um menu de café que inclui preparos como espresso, cortado, macchiato e affogato, e os preços dos cafés variam entre 2 e 3 libras. Para beber também há chás, drinks, cervejas e vinhos. Quanto à comida, se você está passando para tomar uma xícara de café ou chá, vai encontrar uma seleção de bolos, croissants e outras delícias no balcão. Se quiser uma refeição mais completa para café da manhã ou almoço, vai encontrar torradas, pães, sanduíches e sopas, tudo prepado diariamente. 




Para sentar, há mesas para dois e para muitos. O espaço interno não é muito grande e parece meio bagunçado (acho que faz parte do ambiente e da decoração descolada). A trilha sonora era marcante (rock e indie) e tinha tudo a ver com a atmosfera do local, cheio de mapas-mundi, globos terrestres, fotos e livros de viagem... Pra quem gosta de música, eles compartilham as playlists no spotify. Aliás, também estão presentes no facebook e outras redes socias da internet, sempre atualizando as informações e compartilhando histórias. 


Na minha avaliação geral sobre o café Four Corners, creio que a boa reputação e o sucesso do local está ligado essencialmente à originalidade de misturar um local acolhedor, um bom atendimento, um café bem feito e a paixão por viajar e se aventurar pelo mundo. 


Four Corners Café 
12 Lower Marsh - London
SE1 7RJ





domingo, 20 de novembro de 2016

Londrina, amei te conhecer!

Londrina, sua linda!

      Semana passada acompanhei o maridón em um Congresso de Educação de Física que aconteceu em Londrina, no Paraná. Coincidentemente, também é cidade de parte da família do Daniel, esposo da Leili, a mais nova e especial colaboradora do blog!

Existem vários desses orelhões espalhados pela cidade! 
      Para quem não sabe, Londrina é conhecida como a "Pequena Londres" _ por causa dos ingleses que vieram produzir nessas terras, e que ao observar a névoa característica da mata da região, viram semelhanças com a neblina da cidade de Londres, e a fim de homenagear suas origens denominaram a comarca de "Londrina", que significa "originária de Londres"_ ou "Capital do Café"_ devido ao alto índice de crescimento populacional e econômico durante todo o século XX, amparado inicialmente pela plantio e comercialização do café.


      Ficamos 4 dias lá, o suficiente para conhecer os principais pontos turísticos e tomar muuuuito café! Definitivamente, eles sabem fazer um café gostoso!

      Os dos principais pontos turísticos, sem dúvida, é o Lago Igapó. Bem no coração da cidade, lindo e urbanizado, rendeu manhãs de corrida e pedaladas durante minha estadia na cidade e também lindas fotos que compartilho aqui com vocês:





      Conhecemos também o Museu Histórico de Londrina, que ocupa o prédio da antiga estação ferroviária da cidade, e que conta um pouco da história dos imigrantes e das plantações de café na região.


















      Sobre os cafés, um dos meus preferidos foi o Hachimitsu que tomei no Aurora Shopping. E também o London Coffee, localizado no Boulevard Shopping (esse eu esqueci de tirar foto, mas estava igualmente delicioso!).

Café Hachimitsu

Também tomamos um Lavazza no Freddo!








Observação: Nenhuma foto desse post recebeu tratamento!!! É tudo lindo desse jeito mesmo!


Fonte: Wikipédia

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Java U Café - Aldgate / Londres

O primeiro café que pude visitar em Londres foi o Java U que fica bem pertinho da Aldgate Tube Station. Depois de um dia caminhando bastante, na volta pra casa não pude resistir e entrei no Java U para apreciar um café quentinho.



O local é grande, limpo e aconchegante, com mesas grande sofás, balcões, muitos assentos e iluminação agradável. Como tem wi-fi, é ótimo para trabalhar ou sentar descansar um pouco, tomando sua xícara de café. Também há banheiros descentes, para uso exclusivo dos clientes.



Quanto ao café, eles utilizam o House Blend da Union Hand-roasted Coffee. Esse blend tem sabor intenso e levemente doce, lembrando o aroma de castanhas torradas. Como sempre, pedi o cappuccino e gostei bastante: o leite estava cremoso na medida certa. Mas o chocolate polvilhado sobre o cappuccino interferiu na percepção das características do café.



Além de café, o Java U tem diversas opções de bebidas, como sucos, chás, drinks e smoothies. E para comer, sempre há croissants, muffins, sanduíches mais elaborados e frutas. O atendimento é nota 10! Estive lá umas três vezes e sempre fui atendida com atenção e bom humor! Vale a visita!



Java U é uma franquia original de Montreal, Canadá. Começou em 1996, na Universidade Concordia e em 2002 se tornou uma franquia, com centenas de unidades espalhadas pelo mundo.

Java U Café
62 Wentworth Street, E1 7AL London, United Kingdom

sábado, 5 de novembro de 2016

Fury Latte Art!

By Leili

Ernesto Cafés Especias e Hugo Wolff

     Passei rapidinho (devido problemas pessoais, porque queria estar lá até agora!) no Ernesto Cafés Especiais , que comemora hoje 5 anos!!!

      Em comemoração rolou o Cafeísmo Flashday no Ernesto e o Hugo Wolff foi convidado para fazer uma palestra e degustação de cafés especiais com os presentes.

      Hugo Wolff é parceiro do Ernesto, produtor de cafés especiais, mestre de torra, Q-GRADER e proprietário da WOLFF CAFÉ.

Foi imperdível para quem ama café!!!

Hugo Wolff dando dicas!






























 Ernesto, desejo que venham mais 5, 10, 15... anos de muito sucesso e qualidade! 
Amo você!

Café Multiplicidade (702/703 Norte)










































      Hoje passamos na #1 Feira Múltipla que aconteceu no Café Multiplicidade. Tinham vários expositores de artesanato, produtos locais, alimentos orgânicos, roupas, plantinhas... e o café! Como fomos rapidinho, voltarei para experimentar. Mas já aviso que achei o local super legal, muitas opções de docinhos e tortas (como dá para ver na foto) e os atendentes super simpáticos! Exemplo para minha: 

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Café Multiplicidade: Moda, Design, Arte, Doces, Oficinas!!!


      O Espaço Multiplicidade de Coworking chegou há 6 anos em Brasília com uma proposta inovadora: criar um espaço de trabalho colaborativo voltado para pequenas empresas, empreendedores, freelancers e profissionais que não se enquadram nos padrões corporativos tradicionais.

LABCAFÉ
      O home office pode provocar o isolamento desses profissionais. Cafés e bibliotecas não oferecem privacidade e outros serviços profissionais como salas de reunião e treinamento equipadas, impressão, digitalização, telefonia, salas exclusivas prontas para uso, consultoria e apoio aos pequenos negócios, entre outros. Mas coworking é acima de tudo, feito de pessoas! 

      No Espaço é estimulado o compartilhamento de ideias além da troca constante de experiências, fatores fundamentais para ampliação e a manutenção da dinâmica de um negócio. Hoje, as pessoas passam muito tempo conectados mas sentem falta de um ambiente para construção de relacionamento e aprendizado. 

      Além do exclusivo ambiente compartilhado (coworking), surge o Café Multiplicidade: um lugar para quem não abre mão dessa paixão nacional, o café, muito bem acompanhado com diversas opções deliciosas, como salgados, sanduíches, bolos , pão de queijo, tortas entre outros. Porque todo dia é dia de café e de um bom bate-papo sobre negócios.






































Evento Gratuito 
Vem aí, dia 5 de novembro – sábado – na 702/703 Norte, a primeira feirinha de economia criativa do Espaço Multiplicidade Coworking e Café. Vem curtir com a gente um sábado cheio de coisas legais: comes e bebes, expositores, música, oficinas gratuitas para todas as idades.
Confira a programação das oficinas e inscreva-se para participar.
Español para niños – Aprender jugando!: 10h – 11h 
A Rhanna Silva (Pedagogia/Letras/UnB) trabalha com crianças na UnB e vem para mostrar como é possível ensinar o idioma espanhol para crianças de 2 a 6 anos. Quem aceita o desafio? PARTICIPAR
Oficina de Slings com BabyGrude: 11h – 12h 
Uma oficina para mamães e papais ficarem por dentro de como usar carregadores de bebês (slings) e aprender também os seus benefícios. PARTICIPAR
Caligrafia para Todos: 13h – 14h 
A Professora Fátima Montenegro é pedagoga e professora de caligrafia há 23 anos. É autora do método Caligrafia Técnica que atende desde a criança até a melhor idade. Domina a arte da escrita artística, comercial e cursiva. Acredita que escrever não é apenas ter uma bela escrita, e sim qualidade no que diz respeito a fluência e segurança ao traçar as letras. PARTICIPAR
Automaquiagem: 14h – 15h 
Ela é sonhadora e acredita que um pouco que cada um possa doar de seu tempo, dinheiro ou trabalho, pode mudar o mundo ou pelo menos a comunidade ao seu redor. É também apaixonada por gente, por cores, viagens, livros e arte. A servidora pública, palestrante, consultora de imagem e maquiadora, Gláucia Amantéa, irá ensinar dicas de make básico (dia e noite), como escolher sua base, tons frios e quentes. PARTICIPAR
Da Cozinha à Mesa: 16h – 17h 
Cardápio definido. E agora, vamos montar mesa? Um encontro sobre mesa posta, etiqueta à mesa e dicas para deixar nossos momentos à mesa ainda mais marcantes. Com a proprietária do ateliê Aurora Decor, Lorene Neves, que soma 18 anos no mundo de eventos e cerimonial. PARTICIPAR
O propósito e a identidade nos negócios: 17h – 18h 
Gábi Hogem é terapeuta, professora e mentora. Atua com Ayurveda, Yoga, Meditações, Música e outras técnicas terapêuticas. É fundadora do Sattvic Bloom (complexo terapêutico), com um propósito muito claro: o desejo de que todos os seres sejam felizes! E ela trabalha nesse propósito através de suas características mais marcantes: é amparadora, entusiasta e visionária! Uma pergunta que pode instigar: E você, sabe qual é o seu propósito e a sua identidade?
Evento Gratuito
Dia: 05 de novembro (sábado)
Horário: Das 10h – 18h
Espaço Multiplicidade de Coworking & CaféSCRN 702/3 – Bloco G – Lojas 46/47 – Asa Norte)
Informações: 98299-0405 | EVENTO NO FACEBOOK

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Correspondente internacional para o Cheirinho de Café : Leili em Londres!

Texto: Leiliane Fagundes

Minha história com café começou cedo. Morava em Tupaciguara, próximo de Araguari- MG, cidade cafezeira. Gosto de café desde pequena. Na minha casa, a gente tomava café preto no café da manhã todo dia, acompanhado de um pão com manteiga. A minha avó tinha um pé de café no quintal. Sempre que dava colheita, ela secava, soprava, torrava e moía na hora que ia passar o café. Aquele aroma de café fresco me conquistou de tal maneira, que cultivo o hábito de parar e apreciar um bom café, já que a oferta de bons café se torna cada dia maior e melhor. Gosto de todo tipo de café: fraco, forte, com ou sem açúcar, feito no coador ou na french press… Mas tenho meu preferido: é o cappuccino clássico.
Felizmente, há muitas pessoas que compatilham desse prazer de tomar café gostoso. Antes de me mudar para Londres, tive o prazer de sair para papear e tomar café com duas amigas queridas: a Núbia e a Thays. A propósito, a Thays tem um blog sobro o assunto chamado Cheirinho de Café. E nesses cafés e bons papos surgiu a ideia de me tornar correspondente do Cheirinho de Café em Londres. Achei super desafiador, já que meu conhecimento sobre o tema é restrito. Em contrapartida, é uma oportunidade de ampliar meus conhecimentos e explorar o número exorbitante de cafés que existem nessa cidade efervescente que é Londres.
Então trarei um pouco das aventuras de uma apaixonada por café eventualmene aqui no blog e espero que vocês gostem!
Curiosidade: O cappuccino clássico é preparado com um terço de café expresso, um terço de leite vaporizado e um terço de espuma de leite vaporizado. Além da qualidade do café expresso, o elemento mais importante para a preparação do cappuccino é a textura e temperatura do leite. Quando um barista vaporiza o leite para o cappuccino, cria uma microespuma ao introduzir pequenas bolhas de ar no leite, conferindo a ele uma textura aveludada, cremosa e brilhante, sem no entanto deixá-lo com bolhas na superfície (removidas após a vaporização, ao bater a leiteira em uma superfície sólida). Tem se tornado comum os baristas criarem desenhos e formas ao verter o leite vaporizado no café expresso, técnica conhecida como latte art.